3 Comments

  1. Leandro
    13 de novembro de 2014 @ 2:41 pm

    Como sempre João Tavares destila talento em suas linhas tão bem elaboradas. Parabéns pela sensibilidade, elegância e charme na escrita … Já sinto vontade de ter o meu próprio Irmão Alemão.

  2. ALICE
    11 de novembro de 2014 @ 11:31 am

    Depois de ler esse maravilhoso texto, quero mais é que o meu “Irmão Alemão” chegue em minhas mãos o mais rápido possível. Com o novo livro, tenho certeza que Chico Buarque estufou o filó pela quinta vez. Parabéns ao jornalista pela sensibilidade.

  3. Duda Fonseca
    11 de novembro de 2014 @ 10:27 am

    Uma bela crônica antecipando um belo livro. Já encomendei o meu.

Deixe uma resposta